top of page
Buscar
  • Foto do escritorCaroline Figueiredo

Aposentadoria para Autônomos


Atenção, autônomo! Seja absolutamente cauteloso ao realizar contribuições previdenciárias e ao planejar a sua aposentadoria!


Como pagar? 

Dentro do INSS, os autônomos contribuem como "contribuintes individuais", por meio das guias (a GPS laranja disponível em papelarias) ou gerando o boleto diretamente no site. Adquirindo a guia ou gerando os boletos, você já consegue contribuir para a Previdência Social.


Quanto pagar? 

A alíquota correta é de 20%, que incidirá sobre a sua remuneração. Portanto, se em junho/2023 você recebeu R$5.000,00 pelos serviços prestados, deverá pagar R$1.000,00 de INSS. Agora, se em julho/2023 recebeu R$3.000,00, o valor da contribuição previdenciária será de R$600,00. 

O autônomo que presta serviço para pessoa jurídica poderá pagar alíquota de 11%, pois os outros 9% (que completam 20%) deverão ser pagos pelo tomador do serviço, que descontará o valor da contribuição do total que pagará ao prestador do serviço.

Tenha muito cuidado, pois as contribuições abaixo do salário-mínimo não serão consideradas, a menos que sejam complementadas.

 Vale lembrar também que, caso você receba acima do teto do INSS (R$7.507,49), não precisa contribuir sobre o valor total, mas sim sobre o valor do teto.


Aposentadoria 

O autônomo poderá se aposentar por idade ou por tempo de contribuição e poderá programar o valor da aposentadoria, mediante modulação das contribuições. Essa estratégia é estudada no Planejamento Previdenciário, onde podemos verificar qual a melhor regra (mais vantajosa ou mais próxima) e qual o valor que você deve pagar para atingir a aposentadoria dos seus sonhos.


Se você ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários ou envie um e-mail para carolinelpf.adv@gmail.com.


Um abraço e até mais!


18 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page